quarta-feira, abril 12, 2006

Luz Poética en español

Luz Poética

En la más obscuras de las noches
Una luz en la negrura
En lo medio de la mata
Zig-zag iluminando el camino
Rumbo al negro crepúsculo
Baila luz como una danzarina
Que en sus primeros pasos
Tende a encantar
Y despues apasiona a todos
Que estan a contemplar
La luz verde hipnotizadora
En una noche sin lunar
Parecia una bailadora
Linda, ligero a bailar
Hada de las flores nocturnas
Iluminada por su magia
Hez de la noche muerta y vacia
Una felicidad con su guiñar
Era una simple luciérnaga
Con su luz poética
Libre a volar
Ludiro
26/02/2006

Um comentário:

De Deus Oliveira disse...

Olá Ludiro!
Que bom ter vindo até aqui para conhecer mais de perto o seu trabalho. Encontou-me a sua simplicidade como ser humano em se dispor a dividir um pequeno recanto sendo dono de uma obra maravilhosa. Deus lhe abençõe por não ter a soberba do sucesso, porque como dizia minha avó: "Quanto maior a altura, maior é o tombo!" E com certeza você nunca vai cair porque não procura brilhar sozinho lá em cima. E pergunto: Para que brilhar sozinho se não tem ninguém para admirar, né? Ganhou uma fã de carteirinha, pelo seu trabalho e pela humildade e como diz Fernando Pessoa: "Nada vale à pena se alma é pequena" e com certeza você, seu espírito e sua inspiração eclética, valem muito à pena, pois sua alma é enorme, brilhante e muito perfumada. Um abraço.
De Deus.