segunda-feira, fevereiro 27, 2006

Luz Poética II

Luz Poética II

Astros e asteróides
Iluminam o céu negro azul
Com seu brilho contagioso
Do clarão do luar
Lua cheia envolvente
De um casal a namorar
Admirando a luz da noite
Nas ondas do mar
Luzes batem
Luzes pulam
Quando a onda vai se quebrar
Mil centelhas de faiscas
Na multidão do gotejar
É a onda batendo nas pedras
Refletindo a luz do luar
Ludiro
26/02/2006

2 comentários:

Ludiro disse...

Luz Poética foi uma forma de definir minhas criações, minha imaginação em forma de poesia, através de um gesto, um sentimento surge uma luz, uma poesia, a vida, a expressão viva dos sentimentos humanos, a raiz humanitária!
^^Ludiro^^

Baguera disse...

k luz poética tão luminosa, einh? ;)