segunda-feira, outubro 16, 2006

Mutilado

Mutilado
.
Do meu corpo mutilado
Dou um pedaço a você.
Meu coração explode
No pulso,
Doce impulso,
Leve fantasia.
-- Leve-me!
O pedaço do meu corpo
Dilacerado que te dou,
É uma poesia!
Ludiro
16/10/2006

9 comentários:

Benvinda Palma disse...

Lu, mi lindo poeta!

No te cierres! Deja la rara pérola , que eres tu, y que és fructo del sofrimiento – y también la luz de la luna en las profundezas del oceano-- salir de la ostra y adornar el más precioso tesoro del universo

Jorge Linhaça disse...

Beleza de metáfora amigo... seja bem vindo ao recanto... abraços fraternos Jorge Linhaça

Jacqueline Campos disse...

Nossa! Qeu lindo esse versejar! Adorei! Beijossss

jojo disse...

Que lindo... Parabéns esta muito bonito mesmo.. Bjinhos

Stella disse...

Poesia que explode o corpo e impulsa a alma. Parabens!! Belissima poesia.. Beijinhos

Valdevinoxis disse...

Lancinante e no entanto muito belo.

Valdevinoxis

JB disse...

um excelente texto,
parabéns
JB

D.Dinis disse...

E que em poesia seja sempre um corpo aceite!

goretidias disse...

Algiuém levará esse pedacinho...