sábado, maio 26, 2007

Música


Música

Não ouço mais
as músicas do seus lábios.
O doce sussurrar...
Lentamente em meu ouvido,
onde a respiração
faz-me arrepiar.
Será a distância?
Ou o desejo ardente
De querer ouvi-la?
Uso a imaginação...
Mas sinto a falta
desta melodia,
que altiva minh’alma
no doce e suave
ouvir-te
pronunciar
lentamente
TE AMO!!!
-- Ludiro

3 comentários:

andré disse...

música divinal, o som da boca amada ! abraço

Anônimo disse...

É assim que me sinto amado poeta, sentindo sua falta, querendo sentir sua respiração proxima de mim! Estou com saudades.
Muitas tulipas para vc e ardentes bjs.

André L. Soares disse...

Boa noite! Excelente poema. Aliás, não apenas esse. O blog todo é de muito bom gosto e os textos são ótimos. Por enquanto li somente os últimos posts, como faço sempre na primeira vez que visito um blog. Excelentes mesmo! Depois voltarei para ler mais. Estou dando um ‘passeio geral’ pelos blogs relacionados à literatura, principalmente poesia e prosa. Gostei muito do seu blog. Vou adicioná-lo ao meu blog, bem como favoritá-lo no ‘blogblogs’, para que possa visitá-lo mais vezes. Quando puder, visite também meu blog, no endereço: [ http://poemasdeandreluis.blogspot.com ]. Sinta-se à vontade... a casa é sua,... e, gostando,... por favor, também adicione meu blog e, se for o caso, ao seu ‘blogblogs’, ‘techinorati’ etc. Vamos tentar ampliar a rede de intercâmbio artístico-cultural, influenciando-nos e aprendendo mutuamente. Grande abraço!